Autor Arquivo: videtexto

A Especialista expõe obras do artista plástico Juan Moreno Bianchi

A Especialista Fachada Av Faria Lima 240

A partir desta quarta-feira (04/11), obras do artista plástico Juan Moreno Bianchi ficam expostas na loja de móveis e decoração A Especialista, em São Bernardo do Campo, na região metropolitana de São Paulo. Cerca de dez obras de Bianchi poderão ser apreciadas pelo público, até o dia 10 de janeiro, como parte da decoração dos diferentes ambientes da loja.

Na série Black and Gold, o artista trabalha o abstrato usando preto e dourado. Bianchi, que é de São Bernardo, atualmente está radicado nos Estados Unidos, onde mantém ateliê. Na série Black and Gold, ele trabalha o abstrato usando o preto e dourado.

imagem_release_1523250

Escape from Reality: uma das obras expostas

O preto chama o homem em direção ao infinito, despertando desejo pelo puro e, finalmente, pelo sobrenatural. No limite da cor, surge o dourado, uma cor espiritual por excelência, em várias tradições religiosas.

Sensibilidade

Para a diretora comercial da A Especialista, Érica Lorca, é uma grande satisfação poder contribuir para a valorização da arte e a divulgação de artistas da região. “Ficamos orgulhosos em participar desse projeto do Juan, que é um artista jovem, mas que já imprime sua personalidade e grande talento a cada trabalho. A exposição está linda, e a mensagem que transmite é um chamado para a sensibilidade”, afirma.

A exposição ficará aberta ao público, de segunda a sábado, das 10h às 19h. Aos domingos, o horário é das 12h às 17h. A Especialista está localizada na av. Brigadeiro Faria Lima, 240 – Centro – São Bernardo do Campo (SP).

Mais informações: http://www.aespecialista.com

Anúncios

Lorenzetti lança combo de bacia pronto para instalação

Com objetivo de facilitar a escolha de produtos para instalação de bacia com caixa acoplada, a Lorenzetti apresenta solução completa. O kit Square é composto por bacia para caixa acoplada, caixa acoplada de duplo acionamento, assento sanitário com sistema Soft Close, anel de vedação com guia, parafusos de fixação e flexível em aço inox. Kit_Square2

A embalagem destaca todos os atributos dos produtos que compõem o conjunto, o que facilita o processo de compra do consumidor e otimiza tempo, pois evita enganos na escolha do modelo de assento compatível com a louça e elimina a necessidade de retorno à loja caso algum item de instalação seja esquecido.

Características

A bacia da linha Square apresenta, entre alguns diferenciais, design quadrado, altura acima da média do mercado, com 40 cm, o que garante conforto durante o uso, além de economia de água a partir do mecanismo duo flow, que permite a escolha entre 3 e 6 litros. O sistema de escoamento da bacia possui o jato adicional Ultra Jet, que garante a eficiência no desempenho e ainda evita entupimentos. O assento, da linha LorenLuna, é resistente a impactos e apresenta superfície brilhante que realça o design e formato anatômico, garantindo conforto. O sistema Soft Close confere comodidade com um fechamento suave.

O Anel de Vedação, por sua vez, é produzido em massa antibacteriana, material que garante higiene, fácil de modelar e que permite vedação perfeita entre a bacia e o esgoto, o que impede o mau cheiro no ambiente. Os Parafusos de Fixação e o Flexível Trançado complementam o kit. Produtos constituídos em aço inox, material de alta durabilidade e resistente à corrosão e oxidação.

Mais informações: www.lorenzetti.com.br

 

 

Telhanorte investe R$ 25 milhões em segunda loja em Campinas

Telha norte segunda loja em Campinas

A Telhanorte, rede de materiais de construção, inaugurou sua segunda unidade na cidade de Campinas, no interior de São Paulo. A multiespecialista em construção e reforma investiu R$ 25 milhões nessa nova unidade, no bairro de São Bernardo. Essa é a 43ª loja da rede, e a 14ª loja no interior paulista. A outra unidade na cidade fica no bairro de Santa Genebra.

Com mais de 9 mil m² de área total, a segunda unidade da Telhanorte em Campinas tem mix com mais de 40 mil itens, distribuídos em uma área de vendas de cerca de 4 mil m2 , e mais de 300 vagas de estacionamento. Segundo a Saint Gobain, controladora da Telhanorte, o mix de produtos foi desenvolvido sob medida para a região, “trazendo o que existe de mais inovador no mercado da construção”.

A nova loja, que emprega 50 trabalhadores da região, também oferece aos clientes o “Espaço multifuncional”, onde serão oferecidos cursos e eventos. Também há a possibilidade de o espaço ser utilizado como coworking por arquitetos ou por clientes. A nova unidade também conta com o serviço Projete-se, que permite ao designer de interiores criar projeto em 3D para auxiliar os clientes na escolha de produtos de forma assertiva.

O Espaço Iluminação, segundo a varejista, é outro diferencial desta nova loja, com uma proposta moderna, oferecendo soluções para cada projeto. Os setores de louças, metais, pisos e cozinhas apresentam ambientações, para auxiliar o cliente a escolher os produtos ideais.

Teste de cores

O Espaço Cor conta com profissionais especializados para a indicação da cor e tonalidade que mais agradem o consumidor. O serviço oferece ainda a possibilidade de o cliente testar as cores antes mesmo da escolha.

A Telhanorte pertence ao Grupo Saint-Gobain Distribuição Brasil. A marca opera com 43 lojas de materiais de construção. Desse total, 35 unidades estão em São Paulo, cinco, em Minas Gerais, e três, no Paraná. O grupo também opera outras 29 unidades da bandeira Tumelero, localizadas no Estado do Rio Grande do Sul.

Serviço

Loja Telhanorte Amoreiras – Campinas
  • Endereço: rua Padre Bernardo da Silva, 1.111 – São Bernardo – Campinas (SP)
  • Horários: de segunda a sábado, das 9h às 22h – Domingos e feriados, das 10h às 20h
  • Mais informações: https://www.telhanorte.com.br/

Arquiteta valoriza o preto em reforma de cozinha

Projeto arquiteta Manoela Py - foto Marcelo Donadussi (3)

Já faz algum tempo que o uso da cor preta em projetos arquitetônicos deixou de significar sobriedade e monotonia – agora, remete a um estilo urbano e elegante. A arquiteta Manoela Py, do escritório Pura! Arquitetura, foi responsável por levar essa atmosfera cosmopolita à cozinha de 8,14 m² de um apartamento com três dormitórios localizado em Porto Alegre (RS). Os moradores, um jovem casal que utiliza bastante o cômodo, inclusive a churrasqueira integrada, queriam um ambiente prático, charmoso e confortável.

O apartamento foi entregue pela construtora com revestimentos de parede e cozinha já com piso, além do forro de gesso pronto. Os proprietários quiseram aproveitar alguns móveis da moradia anterior, por isso, a arquiteta levou essas características em consideração para escolher as cores dos novos itens, todos na paleta de branco, preto, tons de bege e amadeirados para garantir uma ambientação harmônica. “O que fizemos foi projeto de mobiliário fixo, bancadas e escolha de todo o mobiliário solto. Também selecionamos e instalamos luminárias de acordo com o layout do projeto”, conta a arquiteta.

Um dos destaques do projeto é o fato de que, mesmo com a predominância da cor preta, não é um cômodo ‘pesado’. Para encontrar esse equilíbrio, alguns truques: piso, paredes e forros brancos; bom sistema de iluminação; pouca variedade de revestimentos (apenas granito preto, melamínico preto, melamínico amadeirado e cerâmicas brancas) e um espelho sobre a bancada para contribuir com a atmosfera urbana e dar sensação de amplitude.

“Outro fator que contribui nesse ambiente é o pé direito alto, assim os móveis aéreos não encostam no forro e mudam a percepção do ambiente, deixando-o mais amplo. Estabelecemos, assim, o contraste de elementos necessário para uma cozinha atemporal”, completa. O toque final ficou com o monocomando de bancada cromado da linha Minimal, da Meber, garantindo eficiência às tarefas dos moradores e um charme extra ao décor do cômodo.

“Os projetos assinados pelo Pura! Arquitetura buscam estabelecer ambientes atemporais, desvinculados de modismos, para que os clientes não enjoem dos espaços de suas casas. Assim, a cozinha deste apartamento não foi pensada isoladamente – ela faz parte de um projeto maior de ambientação com as salas, uma vez que é totalmente integrada. Buscamos criar um ambiente prático, bonito e jovem para a vida cotidiana acontecer”, finaliza Manoela.

Destaque da bancada

O dia a dia na cozinha fica muito mais funcional, prático e belo com o monocomando para bancada Minimal, da Meber. Seu design versátil e acabamento cromado exibem características que permitem harmonizar com diversas propostas e projetos de ambientes sempre atuais. No quesito utilitário, permite regular a temperatura da água – quente, fria ou a mistura entre ambas – com um único movimento.

Mais informações:  www.puraarquitetura.com.br

(Fotos: Marcelo Donadussi)

Arquiteto mostra como decorar a sala de estar

Projeto Bruno Moraes de Sala de Estar (Foto de Luis Gomes)

Decorar a sala de estar, ambiente que não exige tantas especificidades como a cozinha e o banheiro, pode até parecer uma tarefa fácil. Mas o planejamento é tão primordial para o living quanto para as demais áreas da casa. O arquiteto Bruno Moraes, do escritório Bruno Moraes Arquitetura, ensina quatro etapas e dá dicas preciosas para acertar na decoração desse ambiente.

Atenção às medidas!

Antes de decorar qualquer lugar da casa ou do apartamento, o primeiro passo imprescindível é fazer um levantamento detalhado das medidas do espaço, inclusive do pé-direito. “A partir desse cuidado fica mais fácil identificar quais decisões tomar na hora da decoração”, explica Bruno. Segundo o arquiteto, a metragem vai influenciar diretamente várias escolhas, desde o estilo e as medidas do mobiliário até a paleta de cores.

Salas de estar pequenas pedem cores neutras e estruturas leves, além de uma atenção especial na hora de combinar os tecidos. “É possível usar cores e estampas em salas menores, mas a chance de errar é maior. Convém tomar mais cuidado para não criar vários pontos de interesse, deixando o ambiente com muita informação”, aconselha o arquiteto. Móveis com estilo bruto, escuros e pesados não são indicados, pois fazem com que o ambiente pareça ainda menor.

Livings maiores permitem mais pontos focais e, portanto, aumentam as opções de cores, de estilos e de escalas. “Escolher móveis de destaque é uma maneira de compor centros de interesse no ambiente”, afirma Bruno.

Defina um estilo!

Para não se perder na hora de comprar móveis e objetos – e acabar com um ambiente confuso – o segredo é estabelecer um estilo para a sua sala e imaginar as peças dentro desse contexto. “Pense sempre se o item que você pretende adquirir vai conversar com o restante da sala”, orienta o profissional. Mesmo seguindo um estilo ou uma tendência, é válido acrescentar toques de personalidade, que podem estar em lembranças de viagem, peças de família ou até mesmo em uma almofada ou um quadro. “A decoração precisa refletir as características do morador, caso contrário ela perde a graça”, complementa.

Veja o tamanho dos móveis!

Além da metragem do living, é importante conhecer todas as dimensões dos móveis e de tudo que vai compor a decoração. Essas informações ajudam a fazer uma espécie de ensaio no ambiente e a ter certeza que não haverá surpresas no caminho, como o móvel não entrar no elevador ou não passar pela porta de entrada. “O ideal, para decorar a sala sem perigo de errar, é ter um projeto básico em mãos a fim de identificar como ficará a disposição de móveis e objetos. Assim, há tempo de mudar e substituir as escolhas antes mesmo de comprar. Geralmente, as pessoas têm dificuldade de visualizar como tudo vai ficar, por isso o projeto ajuda a não fazer um investimento em algo que não combine ou não caiba no espaço”, explica Bruno. Também é recomendado estar ciente do tipo de material de que as peças são feitas e avaliar se é fácil de limpar, se é durável e se suporta o peso dos objetos que serão guardados.

Pense na iluminação!

É importante pensar nos pontos de luz assim que a disposição dos elementos na sala já estiver definida. Inicie determinando a quantidade de luz que o estar necessita: a iluminação não deve ser exagerada e nem insuficiente. Feito isso, chegou a hora de identificar os pontos de interesse, aqueles nos quais serão instaladas luminárias para destacar um objeto, um revestimento ou um móvel.

Para a temperatura de cor, Bruno recomenda 3.000K, valor que vem descrito na embalagem da lâmpada e indica a cor da luz. “Uma lâmpada de 3000K se assemelha muito à luz do dia, deixando o ambiente mais aconchegante e acolhedor”, diz. Outro número significativo na embalagem da lâmpada é o Índice de Reprodução de Cor (IRC). “Esta sigla é importantíssima na decoração, pois mostra o quanto a lâmpada vai reproduzir fielmente as cores na sua sala”, explica o arquiteto, que sugere o uso de lâmpadas com IRC maior que 85%.

(Foto: Luís Gomes)

 Mais informações: (11) 2062-6423 – www.brunomoraesarquitetura.com.br

Especialistas dão dicas simples de como conectar sua casa à natureza

Flávia Campos e Rayra Lira - Conexao com natureza

O contato com a natureza é essencial na vida de todo mundo. Os benefícios para a saúde são enormes. Mas, mesmo para quem vive em meio ao caos das grandes metrópoles, é possível trazer um pouco de natureza para dentro de casa, com alguns ajustes na decoração.

A designer de interiores Flávia Campos e a paisagista Rayra Lira dão dicas de como trazer um pouco de harmonia com a natureza para dentro de casa. Segundo elas, essa aproximação pode até melhorar a concentração, diminuir o estresse e o cansaço mental.

Flávia Campos sustenta que as construções voltadas para o meio ambiente estão em alta na arquitetura e decoração. Segundo a designer de interiores, a busca pela sustentabilidade leva os especialistas a incorporar métodos que remetam a uma conexão com a natureza.

Como exemplo dessa conexão entre a decoração e a natureza, Flávia cita o uso de fontes e mini fontes. “O som da água traz um clima zen, permitindo aconchego e um ambiente propício para prática de meditação,” explica.

A designer conta também que as construções que estão em equilíbrio com a natureza buscam sempre opções sustentáveis. Por exemplo, o reaproveitamento da água, o uso de energia solar e de materiais ecologicamente corretos são cada vez mais frequentes.

Plantas

Outra forma simples de trazer mais natureza para a decoração é a introdução de plantas na decoração. A paisagista Rayra Lira sugere algumas espécies e cita alguns benefícios de mantê-las em casa.

  • Jasmim: reduz os níveis de ansiedade. Seu aroma pode ajudar a melhorar a qualidade do sono e a produtividade durante o dia;
  • Espadinha de São Jorge: previne irritações nos olhos, problemas respiratórios e dores de cabeça;
  • Palmeira Chamaedórea: absorve gases tóxicos do ambiente e auxilia no controle da umidade. A planta também é essencial para quem pretende pintar o imóvel, já que absorve o cheiro forte de tinta, tornando o lugar mais agradável;
  • Lírio da paz: ajuda a amenizar alergias, a aliviara  garganta e o nariz, mantendo a umidade do ar.

Hortas

Rayra conta ainda que introduzir uma horta no ambiente é mais uma maneira de ajudar a conectar a casa à natureza. Além de colher temperos e ingredientes orgânicos, levando mais sabor para as receitas, a horta ainda traz mais cor ao ambiente. Também pode tornar-se um hobby e ajudar a aliviar um pouco o estresse do dia a dia.

A profissional ensina que é possível manter uma horta até mesmo em locais com pouca luminosidade. Segundo Rayra, nesses casos, o mais importante é selecionar espécies que não necessitam tanto da luz solar. “Para algumas plantas, o contato direto com o sol pode até ser prejudicial”, alerta. Mas a paisagista destaca três condições que são essenciais para se ter uma horta em casa: “luminosidade, ventilação e água”.

 

Especiaria Antiga é a cor do ano da Eucatex para 2019

Especiaria Antiga

A Tintas Eucatex e a consultoria de tendências Tendere desenvolveram a cor Especiaria Antiga. Aposta da marca para o próximo ano, a nova cor mistura tons que partem do terroso, mesclando nuances rosadas e avermelhadas, resultando em um aspecto opaco e levemente acinzentado.

A escolha dessa coloração, segundo a empresa, partiu de estudo de comportamento desenvolvido em parceria com a Tendere. A cor transita entre o étnico e o elegante. Traz para os ambientes a sensação de aconchego e de cuidado.

A cor se conecta a elementos como os alimentos e a gastronomia, em especial as especiarias e os temperos. Também tem conexão com a terra, numa atmosfera que remete à tradição da arquitetura colonial de pintura de paredes com cal e corantes.

No mobiliário, o tom Especiaria Antiga pode trazer toques comedidos de cor para compor a decoração, de forma elegante. Confira algumas aplicações.

Especiaria Antiga - Aplicado

1. Poltrona Ana, com design de Paulo Alves para a DonaFlor Mobília.
2. Pendente Raízes, assinado por Nicole Tomazi para Bertolucci.
3. Kilim Energy Off White Rust da By Kamy.
4. Rodapé Vermelho Escuro, da Coleção Colors da Santa Luzia.
5. Revestimento Colormind Corten da Decortiles.
6. Sofá Tatame, assinado por Alain Blatché para Saccaro.
7. Cadeira Quark da F.Way.

 

Mais informações: http://www.tintaseucatex.com.br/pt/tintas/tintas-eucatex/

Conheça benefícios de incluir cozinha americana nos projetos

Cozinha Americana

Uma tendência cada vez mais comum nos projetos arquitetônicos e de design de interiores, tanto em casas quanto em apartamentos, é a cozinha americana. Trazida dos Estados Unidos, ela favorece a integração entre ambientes, proporcionando uma série de vantagens aos seus moradores, como mais luminosidade e otimização do espaço.

Você já deve ter visto uma cozinha americana na casa de algum conhecido: ela é integrada à sala de estar, normalmente separada por um charmoso balcão, que garante a praticidade do projeto. A Construtora Trisul preparou uma lista com as quatro principais vantagens de ter uma cozinha americana em seu apartamento ou casa. Confira:

Mais praticidade

Esse é um dos pontos mais interessantes apresentados pelos projetos de cozinha americana. Isso porque eles promovem a integração da sala de estar à cozinha, que normalmente são os cômodos mais usados em uma residência. Assim, as atividades de rotina da sua casa ganham mais conforto.

Além disso, normalmente esses ambientes são planejados para receber móveis feitos sob medida. Isso facilita na organização e no melhor aproveitamento do espaço. Assim, você terá sempre uma cozinha arrumada para suas refeições ou para receber os amigos e a família.

Interação entre os ambientes

Lembra-se de como funcionava antigamente? Normalmente, em uma festa ou jantar, alguém sempre ficava isolado na cozinha tradicional, preparando os alimentos, organizando os pratos, talheres e bebidas, enquanto as demais pessoas socializavam na sala. O conceito de cozinha americana veio, também, para derrubar, literalmente, essas paredes que separavam a diversão do trabalho.

Um apartamento ou casa com esse tipo de projeto certamente promove maior interação familiar, já que os espaços são compartilhados. Assim, fica mais fácil ver televisão ou conversar enquanto está nas atividades culinárias. Ninguém mais fica isolado!

Sensação de amplitude

Essa é uma grande vantagem, principalmente nos apartamentos mais compactos, nos lofts ou estúdios. O projeto arquitetônico da cozinha americana também tem como objetivo oferecer aos moradores uma sensação de amplitude, uma solução perfeita para que dois cômodos, que poderiam ser pequenos caso houvesse uma parede, ficassem maiores.

Com a cozinha americana, é possível desenvolver projetos de design de interiores mais criativos, que saibam aproveitar bem cada cantinho desses dois ambientes e torná-los funcionais e charmosos. Escolhendo bem a disposição e o tipo de móveis e objetos de decoração, a cozinha americana é perfeita para deixar o ambiente mais descolado.

Mais iluminação

Deixamos para o fim o que talvez seja a característica mais importante dos projetos de cozinha americana: a luminosidade. A sensação de amplitude confere essa vantagemao espaço, pois, sem a parede que poderia separar os ambientes, a luz natural entra com mais facilidade. Essa é uma vantagem que faz toda a diferença nos apartamentos compactos, por exemplo.

Com mais luminosidade natural, o projeto ganha, inclusive, em economia com os custos de energia elétrica. Já deu para perceber que ter uma cozinha americana ajuda a valorizar o imóvel e tornar a vida de seus moradores mais agradável. Mas é preciso se lembrar de que você deverá ter cuidado na hora de executar o projeto e a decoração dos ambientes. Isso porque eles devem ter harmonia visual e funcionalidade.

Designer monstra como aumentar o espaço da sala de estar

imagem_release_1490857 (1)

A designer de interiores Flávia Campos dá dicas de como otimizar o espaço da sala de estar. A profissional mostra como aproveitar cada parte do ambiente.

Flávia explica que a base de uma decoração deve ser neutra, principalmente em uma sala pequena. Esse recurso, segundo a designer, expande e traz luz ao ambiente, dando a sensação de amplitude, frisa a especialista.

Além de tons neutros serem quase que obrigatórios, espelhos bem colocados e distribuídos fazem o mesmo efeito.  A designer alerta que é preciso tomar cuidado, pois espelho em exagero pode trazer uma confusão visual. Outra dica é utilizar pisos grandes, já que quanto menos o olho enxergar (as linhas limites ou o rejunte) maior a sensação de amplitude.

Flávia ressalta a importância do profissional de interiores “Evite escolher móveis grandes e não exagere na quantidade”, afirma. Segundo ela, isso é muito importante, porque deixa o espaço livre e confortável. “Por isso, um projeto de interiores é importante para evitar erros básicos,” explica a profissional.

 

Uso de cimento queimado está em alta na arquitetura e decoração

Cimento queimado na arquitetura e decor

Sinônimo para uma decoração despojada, a tendência do cimento queimado está em alta no mundo da arquitetura e decoração. A técnica que envolve texturas e cores é a novidade quando se trata de ambientes inovadores. Apesar do nome, o processo não leva fogo. Na verdade, é feito a partir de uma argamassa produzida com cimento, água e areia, podendo receber aditivos que visam melhorar a sua aderência e evitar rachaduras.

“O cimento queimado é feito com uma base de cimento, areia e água e atualmente já existe produtos no mercado, prontos, que dão a aparência do cimento queimado e facilitam o processo,” explica Natália Veronezi, arquiteta do Estúdio + Design.

O processo exige cuidados e mão de obra qualificada, mas tem durabilidade e é capaz de garantir um diferencial estético para a casa. O designer Marlon Branco, também do Estúdio + Design, indica cimento queimado para todos os projetos.

“O cimento queimado é indicado para qualquer tipo de projeto que siga uma linha moderna e contemporânea, mas também combina bastante com o rústico”, orienta Marlon. Ele salienta ainda outras vantagens como ser uma opção benéfica para o meio ambiente, poder ser usado em diversos ambientes da casa e ter um bom custo-benefício.

Criatividade

Para a designer de interiores Flávia Campos são inúmeras as possibilidades para adotar esse processo na decoração. A criatividade fica por conta de quem realizará o projeto.

“É tão forte o boom do cimento queimado que empresas seguiram a tendência e se dedicaram em produzir porcelanatos e texturas prontas para serem vendidas e facilitar ainda mais os que gostam e querem aproveitar e utilizar. A evolução é tanta que já existem alguns produtos que são prontos para aplicar com algumas opções de cores, para serem usados em área externas ou até mesmo dentro da água, por exemplo, em fundos de piscina,” acrescenta.

 

%d blogueiros gostam disto: